Connect with us

Games

Dying Light 2 | DLC Bloody Ties é adiada para novembro

A DLC Bloody Ties, para o Dying Light 2, foi adiada para novembro para a correção de problemas!

Avatar photo

Published

on

Dying Light 2 | DLC Bloody Ties é adiada para novembro 2022 Viciados

Um dos grandes lançamentos de 2022 sem dúvidas foi Dying Light 2, a sequência do jogo de 2015 da Techland. Já foi confirmado pela produtora que o jogo receberá cerca de 5 anos de conteúdos extras, como correções e novidades para o contexto do game.

Com a DLC Blood Ties anunciada oficialmente em agosto e com data inicial para 13 de outubro, a desenvolvedora do jogo anunciou um adiamento do conteúdo em um mês, para correções de bugs e problemas na gameplay.

Confira o post que foi feito:

Dying Light 2 | DLC Bloody Ties é adiada para novembro 2022 Viciados

Segundo a produtora de Dying Light 2, este adiamento se deu à necessidade de corrigir alguns problemas de ultima hora, problemas na gameplay da campanha do game e alguns bugs que ainda sobravam.

Foi comentado: Tomamos a decisão de adiar o lançamento de Bloody Ties para 10 de novembro, para permitir que a equipe tenha tempo extra para polir e eliminar bugs. Você está morrendo de vontade de saber mais? Faça perguntas à nossa equipe de desenvolvimento no Discord e eles responderão nesta sexta-feira (23).

Com o adiamento, a nova DLC do Dying Light 2 chega oficialmente no dia 10 de novembro e o jogo está disponível para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series, Nintendo Switch e PC.

DLC Bloody Ties de Dying Light 2 é adiada!
DLC Bloody Ties de Dying Light 2 é adiada!

Confira também: GTA 6 | Exclusivo: Ator do personagem masculino de Grand Theft Auto VI é descoberto

Enfim, gosta do Portal Viciados? Contamos contigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Também faça parte da discussão no Facebook e no Twitter!

FonteMeu PlayStation

Jornalista e Redator do Portal Viciados, criador de mods de tradução para Grand Theft Auto e Need for Speed nos tempos livres, gosta de tecnologia com foco para as marcas da AMD, Intel e Nvidia.

Advertisement

Confira também