YouTuber australiano é preso por importar hentai de Lolis!

O YouTuber australiano Shane Andrew Lunnay foi acusado de crime, após ter importado hentai com lolis e transmitir conteúdo explicito.
O YouTuber australiano Shane Andrew Lunnay foi acusado de crime, após ter importado hentai com lolis e transmitir conteúdo explicito.

Um YouTuber australiano de 35 anos é considerado culpado de crime, fato ocorrido após ter sido descoberto que ele importou ‘conteúdo adulto animado, incluindo lolis’ e transmitiu conteúdo explícito com uma boneca.

O caso foi tão viral que foi coberto pela mídia nacional australiana, e o sujeito foi até mesmo classificado como um “Playboy nerd do YouTube” pelo portal Daily Mail

O nome do Youtuber é Shane Andrew Lunnay e tudo começou quando ele decidiu importar conteúdo que inclui lolis. Embora tudo tenha piorado, quando Lunnay fez um streaming tendo relações explícitas com uma boneca.

O tribunal foi informado de que Lunnay tinha fotos e vídeos mostrando menores, embora eles fossem na verdade personagens fictícios, e a juíza Geraldine Davison usou esse caso como uma oportunidade para incentivar o ódio contra hentai e anime.

Geraldine Davison comentou o seguinte:

“Será este outro exemplo, talvez, de que não se deve considerar anime, ou material hentai, inofensivo”?

Posteriormente a juiza também chamou o quarto de Lunnay de “mundo de fantasia”, pois era decorado com pôsteres de “garotas animadas”.

Até a defesa legal do YouTube parecia ter algo contra ele, pois seu advogado mencionou que Lunnay vivia em um ‘mundo de fantasia doentio, desviante e ilegal’, embora o criminoso estivesse em ‘terapia’.

Ademais Pantelia Marinakis, promotora de justiça, também informou ao tribunal que Lunnay conversou com uma psicóloga, na qual afirmou não ter interesse no material pelo qual é acusado.

Confira também: Beastars divulga data oficial para o fim do mangá

Enfim, gosta do Portal Viciados? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir

Fonte: anmosugoi