Connect with us

Viciados

Shaman King recebe novo anime para adaptar todo o mangá!

Mais um clássico voltando.

Published

on

A adaptação para anime da história completa do mangá de Shaman King foi anunciada com estreia para abril de 2021.

Quase 20 anos atrás, começou o anime Shaman King, a adaptação da história de Hiroyuki Takei, que durou um total de 64 episódios, terminando em 2002. Agora, para comemorar o aniversário de 20 anos desse anime, foi anunciado que Shaman King terá um novo anime.

Confirmado para a Temporada de Primavera 2021, o anime deve estrear em abril e abordará todos os 35 volumes do mangá (edição completa da Kodansha). Junto ao anúncio, um trailer foi divulgado, confira abaixo:

A coletânea será publicada no Japão pela Kondasha, a partir de 17 de junho. A notícia publicada pelo AnimeNewsNetwork também cita que o anime original, que foi ao ar na TV japonesa entre 2001 e 2002, será exibido novamente por emissoras locais.

Veja também as últimas notícias:

Mas lembraremos, então, que, como muitos outros animes do passado, como Fullmetal Alchemist ou Hunter x Hunter, entre outros, Shaman King teve uma primeira adaptação de anime que acabou antecipando os eventos finais do mangá

Assim sendo, a intenção com esse tipo de ‘ reinicialização ‘ é que os amantes do mangá, e de fato a franquia em geral, possam contar com um anime que reflita perfeitamente as intenções do autor, e Takei em relação ao enredo de Shaman King.

O esperar do remake de Shaman King?

Ademais, a trajetória dessa adaptação pode ser resumida da seguinte maneira:

O manga Shaman King foi originalmente publicado na revista Shonen Jump, da editora Shueisha, entre 1998 e 2004, a obra teve 32 volumes mas foi finalizada de forma abrupta sem seu final definitivo. Depois o manga recebeu uma versão kazenban contendo apenas 27 volumes e com o seu “final verdadeiro”.

Confira também: Re:Zero 2 | Novo trailer revela data de estreia!

Por fim, no final de 2017 foi anunciada uma nova versão da obra em comemoração pelos 20 anos da franquia; esta versão reedita todos volumes da obra para que a série tenha 35 volumes e seu “verdadeiro final”.

Além disso, durante 2017, Takei-san, o autor original do trabalho, recusou-se a trabalhar precisamente em uma reinicialização/remake; porque até então não era possível ter os dubladores ou a trilha sonora do primeiro anime. Embora, no momento, não tenha sido confirmado que o anime de 2021 terá esses requisitos, é claro que é algo que não podemos descartar atualmente.

Jornalista e Redator do Portal Viciados.

Advertisement

Confira também