Connect with us

Games

PUBG Mobile é acusado de plagiar jogo Indie

Um produtor Indie acusou a empresa que fez PUGB Mobile de plágio, ao ver uma skin muito similar ao visual do game Hypnospace Outlaw.

Published

on

Um produtor Indie acusou a empresa que fez PUGB Mobile de plágio, ao ver uma skin muito similar ao visual do game Hypnospace Outlaw.

Entre H1Z1 e PUBG, o mais destacado na época foi com certeza PlayerUnknown’s Battlegrounds, e é considerado por muitos como um dos jogos de maior influência da história, pois percebe-se a grande leva de jogos Battle Royale que lançou depois dele, tal igual ao PUGB Mobile, sua versão para celulares.

Pelo tempo, ele veio perdendo destaque por Fortnite e COD: Warzone, mas sua versão do PUBG Mobile ainda se mantém bem destacado. Pelo sucesso, os desenvolvedores sempre lançam novas skins para manter o game atualizado.

Mas dessa vez, estão sendo acusados de roubo a uma produtora Indie, do game Hypnospace Outlaw, um simulador de internet dos anos 90 que o objetivo é caçar malfeitos, e o plágio nisso tudo se envolve em torno de uma nova skin para PUBG.

Você pode conferir todos os detalhes desta história no vídeo do canal Central que está disponível no player abaixo:

PUBG acusado de ROUBAR estúdio INDIE

A skin chamada Hypnospace Diva Set, deixa na cara que o visual se espelha por completo pelo jogo da desenvolvedora Indie Tendershoot. Muitos pensavam que era apenas uma parceria entre as empresas para lançar o cosmético, mas Jay Tholen veio a público dizer que tudo não se passa de um roubo.

Confira também: Skull & Bones | Desenvolvimento conturbado leva Ubisoft a gastar milhões!

“Ok, acho que vou fazer um tweet de citação mais direta e dizer que é uma m#rda que o PUBG tenha roubado o nome do Hypnospace para vender uma skin cafona. As opções de cores também parecem derivar de nossa arte principal.

Diz Jay Tholen em seu tweet.

Por mais explicações abaixo dos tweets, a empresa de PUGB Mobile entrou em contato dizendo que mudaram o nome da Skin e que tudo se trata de um mal-entendido de um funcionário por uma tradução errada. Por fim, Jay ainda diz que espera que o responsável não seja demitido por isso.

Enfim, gosta do Portal Viciados? Contamos contigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Também faça parte da discussão no Facebook e no Twitter!

Fonte: Game Rant

Co-fundador e redator da Viciados. Estou aqui para escrever. Meio óbvio?

Advertisement

Confira também