Connect with us

Tecnologia

Os cuidados de comprar equipamentos eletrônicos de segunda mão

Em períodos de crise econômica e alta inflação é comum recorrer à compra de usados, por isso, entenda os principais cuidados ao adquirir um equipamento eletrônico de segunda mão

Published

on

Os cuidados de comprar equipamentos eletrônicos de segunda mão 1


É muito comum encontrar pessoas adquirindo produtos eletrônicos de segunda mão, afinal, este tipo de compra pode ser mais vantajosa quando falamos de preços, ainda mais em períodos de baixo poder aquisitivo e alta inflação.

Porém, quem prefere investir em equipamentos eletrônicos de segunda mão, precisa ter alguns cuidados em mente sobre a procedência do produto escolhido antes de realizar a compra.

Nos últimos anos, a busca por eletrônicos usados teve um crescimento, principalmente pelo aumento dos valores no mercado.

Por isso, vamos dar algumas dicas, tanto para compras online quanto para compras em lojas físicas, sobre os cuidados fundamentais para finalizar a compra de eletrônicos de segunda mão.

Em casos de compra online, estude sobre o vendedor

Uma das principais, ou talvez a mais importante atitude de um comprador de produtos eletrônicos de segunda mão, é ter confiança em quem está fazendo a venda.

Infelizmente, em alguns casos, os vendedores se aproveitam da boa fé de pessoas que buscam equipamentos usados para ganhar dinheiro com um produto que não vale o preço que é oferecido.

Então, para evitar golpes, o comprador precisa estudar sobre a procedência do aparelho. No caso do e-commerce, alguns clientes podem comentar sobre cada vendedor.

Com o acesso a essas informações, fica mais simples identificar quando a pessoa que está vendendo é de confiança ou não.

Sites como Mercado Livre e OLX oferecem esse tipo de recurso para a avaliação do produto ser completa e segura.

Fique atento aos preços dos produtos eletrônicos

Mesmo sendo de segunda mão, alguns equipamentos continuam em uma faixa de preço que faz sentido com a sua procedência e popularidade.

Um bom exemplo é sobre os iPhones. Atualmente os valores de novos modelos dessa marca estão bem elevados e, encontrar alguém vendendo um produto atual por um menor preço pode ser uma cilada ou, no mínimo, suspeito.

Isso vale para todos os equipamentos e não somente para celulares, por isso, fique atento quando um vendedor oferece um valor muito inferior sobre um produto que foi um lançamento recente.

Procure saber sobre a durabilidade do produto

Não adianta investir em um produto se ele não possuir uma boa durabilidade, mesmo que ele já seja de segunda mão.

Além de analisar os preços, um outro cuidado para a compra de usados é verificar qual é a vida útil do aparelho, pesquisar quanto normalmente determinado equipamento dura em boas condições de funcionamento.

Dessa forma, é possível saber quanto tempo o eletrônico tem de uso e qual é a estimativa de durabilidade. Pergunte para o vendedor em quais condições o equipamento anunciado se encontra.

Faça os devidos testes

Para evitar cair em golpes, procure sempre fazer testes com o equipamento antes de terminar o seu pagamento.

Mesmo que o aparelho eletrônico aparenta estar em boas condições, o teste deve ser indispensável, afinal, estamos falando de um produto que já foi usado por algum tempo.

Uma boa dica é testar se o aparelho possui conexão com a internet. Se sim, veja se ele é capaz de identificar as redes próximas disponíveis.

Por se tratar de aparelhos eletrônicos, veja se ele não apresenta algum travamento durante os testes. Sempre solicite a realização de testes para evitar problemas posteriores.

Para finalizar a compra, prefira um local público

Quando fechar um negócio e terminar a compra, se caso ela não for enviada por correio, dê preferência para encontros em locais públicos.

Isso acontece frequentemente, pois, o envio por correio acaba sendo mais caro por conta do valor de frete. Então, sempre prefira encontros em shoppings ou zonas comerciais que tenham maior movimento.

Lembrando que o ideal é não passar o seu endereço para o vendedor, assim, acaba não colocando em risco o seu bem-estar, uma vez que o vendedor geralmente não é uma pessoa conhecida.

Faça o pagamento após a certificação do aparelho 

Uma lição que deve ser rapidamente aprendida é que os pagamentos de produtos de segunda mão só devem ser realizados após a verificação das condições do aparelho.

Uma conversa com o vendedor deve ser clara e te passar confiança. Em casos de problemas com o item, só realize o pagamento após a sua resolução.

Geralmente, os cuidados que serão tomados antes da compra são o suficiente para evitar entrar com ações na justiça para reaver o pagamento feito por aparelhos vendidos com problemas.

No entanto, uma forma de proteção é manter conversas guardadas para caso haja necessidade de abrir uma ação judicial, dessa maneira há como ter provas sobre as informações do equipamento.

Sempre solicite a nota fiscal

Por último, mas não menos importante, sempre que possível peça a nota fiscal pela sua compra. Isso garante a procedência do aparelho.

Ainda que sejam de segunda mão, os primeiros compradores guardam as notas fiscais emitidas pelas lojas. Esse documento permite troca e reparos em locais autorizados.

Essa nota fiscal também permite a comprovação de origem do eletrônico de forma legalizada, ou seja, garantia de que tal produto não é roubado ou contrabandeado.

Portanto, é importante ressaltar que a compra de suprimentos e itens periféricos – que são de uso frequente -, como toner de impressora, cartuchos e pendrives,  não compensam ser adquiridos de segunda mão.

Em alguns casos devido se tratarem de produtos de descarte após seu uso e, em outros, devido questões de segurança de dados e informações, o que ocorre com pendrives e outros dispositivos de memória.

Confira também: Saiba quando e onde assistir Homem Aranha Sem volta para casa em HD

Enfim, gosta do Portal Viciados? Contamos contigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Também faça parte da discussão no Facebook e no Twitter!

Administrador, Jornalista e Redator do Portal Viciados. Sou fã da Rockstar Games (Grand Theft Auto 5, GTA 6) no entanto, também acompanho notícias e rumores de outros jogos e serviços como PS Plus e GamePass.

Advertisement

Confira também