Ligue-se a nós

Games

Assassin’s Creed Valhalla é dividido em capítulos independentes

Pessoalmente acho um decisão ótima, já que gasto a maior parte do jogos de mundo aberto como missões secundarias!

Publicado

no

A Ubisoft durante a última Future Games Show da Gamescom mostrou novos detalhes de Assassin’s Creed Valhalla, que lançará em 17 de Novembro.

Assassin’s Creed Valhalla é o primeiro jogo da franquia a contar sua história em um loops, onde você retorna ao seu assentamento após cada missão para escolher a próxima. Como resultado, sua história é dividida em blocos individuais de duas a três horas. 

Valhalla não é uma longa aventura como os jogos anteriores, são histórias individuais que no final das contas levam a uma conclusão final.

“Essa inspiração veio das próprias sagas Viking – as sagas dos islandeses”, disse o diretor narrativo do Assassin’s Creed Valhalla, Darby McDevitt. “As sagas não são contadas como as típicas jornadas dos heróis que você encontra na maioria das literaturas ocidentais.

Assim sendo, as sagas são mais episódicas, com momentos separados da história de um personagem. E você as segue por um longo período de sua vida. Normalmente, seguindo-os do nascimento à morte, mas não se trata de ter um único enredo motivador. E sim como a vida realmente é, com uma série de incidentes de construção de caráter que orbitam alguns momentos chave.”

Como funcionaram essas sagas em Assassin’s Creed Valhalla?

Em outras palavras Assassin’s Creed Valhalla será dividido em diversas sagas, e cada uma delas é uma história autocontida que terá seu próprio começo, meio e fim; Com o único ponto em comum sendo o protagonista Eivor.

Ou seja, Eivor estava evoluindo, mas as diferentes sagas podem facilmente ser jogas em qualquer ordem e isso não altera drasticamente o entendimento de nenhuma delas.

“[Valhalla] tem uma pequena linearidade – há definitivamente uma linha emocional”, disse McDevitt. “Mas o que mais nos interessa é dizer: ‘Aqui está uma pequena experiência de duas horas e aqui está outra pequena experiência de duas horas’, e todos eles são independentes.

Assim essa sagas vão se acumular em cima uma da outra para que as historias lentamente tenham mais ressonância entre elas. McDevitt ainda afiam “E eu acho que, na verdade, para um jogador de videogames, ter esses pedaços de duas ou três horas é realmente legal porque você não vai demorar 40 horas no jogo pensando, “Ei, eu quero saber como a história termina. Já faz muito tempo.”

Confira também: Genshin Impact | Confira a melhor arma do Passe de Batalha

Enfim, gosta do Portal Viciados? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Anúncio
💬 Comentários | Clique aqui para ver e comentar

Em Alta